Av. Rio Branco

Av. Rio Branco

Foto: APK
Rua Marechal Floriano Peixoto

Rua Marechal Floriano Peixoto

Foto: APK
Vista do Ed. Taperinha

Vista do Ed. Taperinha

Foto: APK
Paróquia Nossa Senhora das Dores

Paróquia Nossa Senhora das Dores

Foto: APK
Centro Marista de Eventos

Centro Marista de Eventos

Foto: APK
Estação Férrea de Santa Maria

Estação Férrea de Santa Maria

Foto: APK
Av. Nossa Senhora das Dores

Av. Nossa Senhora das Dores

Foto: APK
FADISMA

FADISMA

Foto: APK

Realização

A sociedade do século XXI está conectada. Ou melhor, é conectada. Esse fato e/ou tendência é acompanhado pela Faculdade de Direito de Santa Maria (FADISMA), que nasceu e vem se consolidando com a missão de “Educar Sempre”, através de uma prática educacional aberta, integrada e inovadora, atenta às potencialidades regionais e sem perder de vista a complexidade do mundo globalizado.

A relação e a potencial ligação do Direito com a tecnologia e as mais diversas searas de atuação coloca as variadas opções de carreira nesse segmento como um universo cada vez mais atraente que permite hoje, aos futuros operadores do Direito, análise e discussão de casos em redes sociais virtuais, conhecendo e reconhecendo o Direito, seus instrumentos e seu potencial de solução num patamar de visibilidade, fomentando articulação, mobilização e o bem comum.

É inegável, assim, o poder das redes sociais de atrair pessoas, independentemente da classe social ou da faixa etária. E a FADISMA optou por voltar seus olhos a essas plataformas, contextualizando sua importância dentro da sociedade. A repercussão trouxe como consequência a implantação do Núcleo Experimental de Webcidadania.

Em muitos aspectos, a internet se confunde com nosso dia a dia e em alguns casos, facilita ações que no “mundo real” levariam mais tempo para se propagar. Essa cultura de generosidade, participação e colaboração das pessoas na web em prol de uma causa social é chamada de Webcidadania.

Hoje, são ferramentas digitais que invertem o eixo da participação na vida pública: de simples receptores das mensagens, noticiários, repercussões e, por que não, conteúdos trabalhados em sala de aula, no caso de alunos, os cidadãos passam a ter voz ativa e mais que isso: fomentam a transformação.

O NEW vem com esse intuito. E, assim, mestres viram facilitadores, alunos co-autores e a estrutura rígida se moderniza.